7 de Janeiro de 2012

Como administrar vinagre de maçã


(MUITO CUIDADO COM O QUE ACONSELHAM ALGUNS CRIADORES QUE NÃO SABEM COMO UTILIZÁ-LO!!!

Autor: Gerardo Argüelles Juiz Federal Belga

SABIA QUE?
O vinagre de maçã tem propriedades excelentes para os pássaros.
O vinagre pode aportar enzimas e componentes minerais, como potássio, cálcio, enxofre, ferro, selénio, magnésio e outros tipos de minerais
As vitaminas que contem são betacaroteno (precursor da vitamina A), vitamina B, E, C, B1, B2, B6. Ácidos tais como o ácido tartárico, mílico, proteico, acético e pectina (fibra).
Deve-se comprar um vinagre não filtrado, orgânico, não pasteurizado, fermentado naturalmente para que conserve suas características medicinais.
O bom vinagre para os pássaros deve ter uma cor dourada, alaranjado claro.
Não se deve comprar vinagre destilado, porque este vinagre não tem nenhum elemento beneficioso dos anteriormente descritos
Que mais benefícios possue o vinagre?
O vinagre tem a função de prevenir o crescimento das bactérias e fungos, por isso, se junta à comida fresca que damos aos nossos pássaros, suplementos como a papa e as sementes germinadas.
O ácido que contém o vinagre reduz a possibilidade do crescimento bacteriano ou fúngico, durante o período de tempo que a comida fresca se encontra nos comedores. Eu utilizo-o à cerca de  7 anos, foi-me aconselhado pelo veterinário Peter Coutteell que me dizia em muitas ocasiões “o vinagre de maçã é em muitas ocasiões mais beneficioso que os  medicamentos”. Desde então utilizo-o com bons resultados.
Também se usa o vinagre de maçã para borrifar as sementes de germinação para prevenir o crescimento patogénico, como bactérias e fungos.
As sementes são bem lavadas com água fresca de seguida são enxutas e borrifadas, só depois são postas a germinar.
Depois de germinadas vaporizam-se mais uma vez para termos a certeza de não terem  bactérias ou organismos patogénicos dos gérmenes.
Há muitos criadores que aconselham dar-se o vinagre de maçã dia sim dia não na água de beber, à razão de uma colher de sopa por litro de água, isto é uma barbaridade lançada por alguém que não sabe do que fala.
Este tipo de tratamento aconselham os veterinários quando os pássaros tenham sido infetados por mega bactérias para os ajudarem a recompor-se rapidamente da enfermidade. Logo que estejam recuperados deve-se  deixar de lhes dar o vinagre de maçã. De contrário alteramos-lhe a glândula encarregada de produzir o Ph que o pássaro necessita para o bom funcionamento do aparelho digestivo. Um Ph neutro (o Ph ideal) deverá estar compreendido entre 6,8 e 7, se lhe juntamos uma colher de sopa de vinagre à água de beber, baixará o Ph para 3,8 a 4, segundo o  Ph que tenha a água da rede que damos aos nossos pássaros. Assim sendo só se deve juntar vinagre de maçã à água de beber nos seguintes casos:
Primeiro caso:
Quando o Ph da água da rede seja mais alto que 7, então pode-se juntar um pouco de vinagre de maçã segundo a necessidade que requeira cada caso para o baixar ao nível aconselhado de  6,8.
Segundo caso:
Quando os pássaros forem infetados por mega bactérias ou outra enfermidade intestinal, mas só durante um período, no máximo, de 14 dias.
Para medir o Ph da água existe um aparelho bastante  barato e eficaz e que mede muito rapidamente o Ph.
Não é só para os pássaros, para nós o vinagre de maçã também tem qualidades benéficas para certas doenças e enfermidades.
Pode ser um remédio efetivo para a artrite, a gota e infeções renais e pode ajudar a aliviar as dores das articulações. O ácido mélico que contém as maçãs dissolve os depósitos de cálcio. O vinagre atua como regulador dos níveis de Ph do ácido-alcalino no corpo e ajuda a oxigenar o sangue.
O vinagre ajuda a digestão, na absorção de minerais, proteínas e gorduras. Também inibe o crescimento de bactérias estranhas do trato digestivo. Possui propriedades desintoxicantes, fortalece o sistema imunitário e melhora os estados virais, bacterianos e fúngicos.
Podemos usá-lo como antibacteriano e anti-inflamatório, possuindo um efeito antibiótico natural. Seus benefícios melhoram as infeções respiratórias e pode reduzir os sintomas, como os olhos lagrimosos e as secreções nasais. O vinagre também pode ajudar na eliminação dos problemas parasitários, tanto externos como internos.
Como se pode ver é um produto natural com infinidades de aplicações e que é desconhecido pela maioria dos criadores de pássaros.

Alguns relatos:
  
Passou um documentário na televisão Belga, onde um professor de uma universidade falou tudo o que aqui foi escrito sobre o vinagre de maçã.

Realizou-se um debate com especialistas em nutrição num clube de exóticos na província de Amberes, no qual se falou detalhadamente sobre este assunto e onde se fez uma demonstração sobre o vinagre de maçã. Todos os criadores que assistiram a este debate trouxeram 200 ml da água que davam todos os dias aos seus pássaros, mediu-se o Ph desta água e 90% dos 60 sócios que estavam presentes neste debate tinham o  Ph da água que davam aos seus pássaros entre 3,6 e 4.
Todos eles deitavam uma colher de sopa de vinagre na água que davam aos seus pássaros.
Os outros 10% não sabiam nada sobre o vinagre de maçã e o Ph da água que davam aos seus pássaros estava compreendido entre os 8,6 e  9.
Resumindo 90% estavam destruindo a glândula a seus pássaros e 10 % deveriam juntar um pouco de vinagre para regular o seu  PH neutro para 6,8.
Pode-se deduzir desta demonstração que se deve ter em conta o nível de Ph da água a dar aos pássaros e depois se for necessário aplicar na água o vinagre de maçã.

Sem comentários:

Enviar um comentário