29 de agosto de 2011

Equipamento de canto

Armário de Canto
Cabine de Canto
Maleta de Transporte
Gaiola Valenciana
Gaiola Sevilhana




Efeitos de educar o canto do timbrado

Na opinião dos criadores e adeptos dos canários  descontínuos  esta questão é fácil de explicar . Se algum criador de canários de canto timbrado espanhol ensina seus pássaros a cantar com gravações e mesmo com canários maestros leva um mau caminho e está dando o primeiro passo para cometer um erro muito grave, que mais cedo ou mais tarde  vai pagar a factura em seu canaril . Enumeram-se, assim,  algumas questões que justificam não ser bom fazer este tipo de educação, esta é a  opinião de grandes criadores desta linha de canto:

1º- Porque nunca esse pássaro vai dar essas notas, como daria um canário cujas notas fossem próprias, boas ou más, mas suas.

2º- Porque nunca vai poder criar com esse canário nem com seus irmão, tendo em conta a pontuação desse pássaro em concurso, porque ela é fictícia e esse pássaro não vai transmitir geneticamente nada do que canta.

3º- Porque nunca se saberá como canta verdadeiramente esse canário e, assim, não se podendo apreciar as diferentes forma de canto  entre uns e outros,  sendo que todos eles pertencem  à mesma raça.

4º-Porque rompe com os objectivos da canaricultura, que é investigar e  melhorar  a raça.

5º-Porque sua cultura musical de canto timbrado Espanhol, ficará reduzida á mínima expressão, e nunca se saberá  apreciar a variedade de canto desta raça, sendo que desta  forma nunca se seleccionará um bom timbrado espanhol.




24 de agosto de 2011

Apontamentos do criador


Infertilidade, falta de Aminoácidos e Minerais ou excesso de Complexo B e antibiótico na altura das criações.
Quando nos apercebemos que o pássaro está doente, há necessidade de "atacar" logo com Glicose, Dextrose ou Sacarose (ou mel bem diluído em água), juntando-lhe umas gotas de um complexo vitamínico e dar-lhe a famosa "pastilha", que existe em várias marcas (3 vezes ao dia). Se se trata de um fungo, Candida Albicans, por exemplo, terá de dar um anti-fúngico (Panfungol, existente nas farmácias de Espanha) Dar Alpista e uma papa fortificante.
A Lankestereliose, é originada por um protozoário no sangue, face à mudança de alimentação dos jovens que saem do ninho, acontecendo entre a 5ª. e a 12ª. semana, morrendo os filhotes num estado de alguma magreza, definhando lentamente. deverá tratar-se as aves durante 7 dias, e administrar um bom complexo multivitamínico.
 (Medicamento: Lankestil da Moreau )
NATURALINE, que é um produto à base de extracto de ervas, muito bom para "limpar" os canários, e todas as aves, é também um bom potencializador de antibióticos e outras substâncias benéficas para as aves. Este Naturaline (que não é nenhum remédio) deverá ser administrado primeiramente 8 dias seguidos deverá ser administrado, SEMPRE, duas vezes por semana, seguidas ou alternadas, eventualmente simples (com água) ou com um Complexo Vitamínico, ou com um antibiótico. ( da Natural usado pelo columbolificos)
8 dias antes das previsíveis posturas dos Ovos, deverá administrar um triplo antibiótico 5 dias seguidos, por exemplo o OXIVITAMINAS da Calier, ou o VARIBIÓTICO da Atral, ou o FP 20 20 da Avizoon, ou ainda bem melhor o MICO-SAN-T da Chevita (usado pelos columbófilos, à razão de uma carteira de 7,5 gramas por 1,5 litros de água).
Na época dos nascimento, na papa, dar nos primeiros 15 dias de vida,  poderá dar Tabernil Cria, ou Serinet Cria da Latac, ou Promotor Cria da Avizoon, ou outros idênticos,  à razão de 10 gramas por 1 kg. de papa, e Probioticos  só deverá ser administrado na papa quando esta é administrada aos canários, e nunca dias antes, pois os lactobacilos apenas duram pouco mais que 12 horas fora do seu "ambiente.
Maçã e pêra, bem maduros, no máximo 3 dias por semana.
Nas Criações, triplicar os minerais para a eclosão ser mais fácil de 3% para 9%
Há necessidade de complementar os antibióticos, isto é, sempre que se administra esse tipo de fármacos, há que preparar as nossas aves para os receber  e aí trabalham as vitaminas, particularmente as Vitaminas C e  E, poderosos antioxidantes e condutores/potencializadores de tudo o que é "bom" no organismo. Paralelamente, entram aí os Probióticos Protectores
Doenças Respiratórias,  Os produtos à base de Tiamina ou Tiamutin a 12,5%, estes combatem todas as doenças respiratórias.
Coccidiose,   uma colher de Vinagre de Cidra por mês num Litro de Água. (ter atençaõ ao Ph da água que está a dar)
Na Muda, É recomendado fornecer ao pássaro uma dieta correta para esta ocasião. Uma alimentação rica em cálcio (osso de ciba), casca de ovo, vegetais, mistura de grãos com maior quantidade de óleo e papa com ovo. A água de beber será trocada diariamente e poderá acrescentar algumas gotas de complexos vitamínicos que contenha ferro banhos de sol pela manhã (8 às 9 horas) ajudam bastante na muda. Mantenha a higiene das gaiolas, evite que o pássaro fique em correntes de ar e forneça banheiras com água limpa para banhos.
Pepino, apropiado para a  muda , Laranja depois da muda por exemplo. Até aos 25 dias e não antes   dos 8 dias dar, brócolos é bastante rico em vit , minerais e aminoácidos e  depois de 25 dias, duas vezes por semana , um tipo de maçã golden, para regular o intestino.
Receita de Cálcio, Triturar 400 gramas de casca de ovo e osso de choco (90% de casca de ovo 10% de osso de choco, juntar 2 colheres de sopa em 400 gramas de papa.
Areia preparo, Utilizar areia grossa coada (coar com peneira com granulação média). Lavar a areia até a água sair límpida. Secar ao sol, colocar no forno na temperatura acima de 100 ºC durante 1 (uma) hora. PREPARO: 2 Litros de areia 4 Colheres de sopa de sal mineral ¼  Litro de farinha de ostra (fina) Obs: É para medir no litro mesmo.
Vermífugo preparo, 1 Comprimido de Flagil 250, 10gotas de complexo B, 1 ampola glicose 50%.
 Diluir em um litro de água filtrada, ministrar durante 5 dias
Desinfecção de frutas, verduras e legumes, recomenda-se a lavagem das folhas em água corrente que elimina grande parte das bactérias. Deixar escorrer antes de oferecer às aves. A emersão das plantas numa solução de 20 ml de vinagre em 1 litro de água, durante 15 minutos, elimina quase todas as bactérias existentes nas verduras. Escorrer os resíduos antes de dar às aves. As folhas de plantas comidas pelos caracóis devem ser evitadas pois estes animais podem ser hospedeiros de parasitas que se transmitem às aves.
Cálcio, Uma dieta pode ser adequada em cálcio, mas para que seja assimilado terá que se incrementar Vitamina D3.    FONTES RICAS EM CÁLCIO
Vitamina A, A falta desta vitamina origina uma má qualidade do esperma e diminui a produção de ovos.
Problemas da Reprodução, Uma dieta pobre em Proteínas ou Aminoácidos (Lisina, Metionina,Triptófano) provoca uma diminuição na postura dos ovos.
Como fazer Blocos de Cálcio, 4 Kg de gesso, 4 Kg de carbonato de cálcio, 500 g de Biopal ou equivalente e um punhado de Grit fina.
Vitaminas essenciais à dieta dos pássaros, Vitamina A, Tiamina, Riboflavina, Niacina, Piridoxina, Cianocobalamina, Biotina, Colina, Acido Eólico, Acido Pantotênico, D3, E e Vit. K.
Vitaminas dadas na água, Trabalhos experimentais têm mostra­do que quando pássaros alimentados com sementes e complementados com vitaminas solúveis em água, são sub­metidos a exame clínico, essas aves apresentam deficiência crónica de um ou mais nutrientes, o que mostra é que o pássaro exibe sinais mais comuns de enfraquecimento em Vit. A, Vit. K, Cál­cio ou proteína.
Aminoácidos, Os aminoácidos têm diversas fun­ções no metabolismo das aves, tais como: crescimento, manutenção, re­produção, restauração, hormônios, síntese de enzimas e pigmentação das penas. Podemos dizer que exis­tem quatro aminoácidos essenciais que devem estar presentes em quan­tidade e qualidade adequadas na dieta dos pássaros mantidos em gai­olas, são eles: metionina, lisina, triptofano e cistina.
Probióticos,  Ultra-levura disponível em farmácias, uma cápsula de 250mg para 1 1 / 2 l de agua.
Receita de Cálcio, Triturar 400 gramas de cascas de ovo e osso de choco (90% de casca de ovo e 10% de osso de choco), juntar 2 colheres de sopa em 400 gramas de papa.
Dar 1 vez por semana: maçã "golden", não deve ficar na gaiola mais que 24 horas, a cenoura também uma vez por semana e cortada às rodelas, para não fermentar, não deve ficar mais de 36 horas à disposição das aves.
Na Muda, dar papa dia sim, dia não, tem que obedecer a determinadas normas,para que possa passar a noite sem
ser removida a humidade não poderá ter mais que 12%, num ambiente até 60% de humidade no canaril, caso contrário terá que ser retirada ao fim de umas horas, se não for consumida.
Na Muda,  a papa tem que ser de confiança, por exemplo S. Michel seca, com 17% de proteínas, 4% de gordura, 3% de fibras, 3% de cinzas. Adicionar por cada kilo de papa, 50 gr. de levedura de cerveja, 10 gr de algas marinhas da SUSKES, 5 gr de Probióticos  KULTIBIOL da Calier, 10 gr. de carvão vegetal, próprio para aves, 5 a 10 gr de sal refinado de cozinha, 50 gr. de papa de insectívoros, 3 a 4 ovos bem cozidos, ralados no 1,2,3, fervendo 20 a 25 minutos
Na Muda, dar 2 dias por semana um complexo multivitaminico + minerais + aminoácidos. Mais 2 dias por semana dar Colina à qual se pode acrescentar complexo B, ou Vitaminas A, D3, C e E (Um dia um, outro dia outro), os outros 3 dias dar água limpa. Para melhor eficácia dar um dia água limpa os outros 2 dias dar um composto de ervas e plantas "NATURALINE, da Océ.Por intermédio disto tudo fazer a prevenção à Coccidiose, Colibacilose, Salmonelose e Micoplasmose.
Na Separação dos Filhos, deve-se administrar "Lankestil", da Moureau, entre a 5ª e a 10ª semana, com um complexo vitamínico.
  A Preparação dos Reprodutores, para a criação é feita, pelo menos 3 meses antes, dependendo dessa preparação toda a criação.
A Prevenção para a Micoplasmose, é feita 3 meses, antes da criação e também é feita trimestralmente, com Tiamutin da Calier, 3 dias seguidos, se não apresentarem qualquer sintoma se apresentarem será feito de 5 a 7 dias.
Uma Semana antes da Postura,  deve ser feito um tratamento preventivo à Colibacilose e Salmonelose.
Na Muda, o valor proteico deve rondar os 16%, de gordura entre 8% a 10%.
Para  encurtar a Muda da Pena,  deve ser usado um bom, muito bom, complexo Multivitaminico + Minerais + Aminoácidos o Multivitamínico deve ter as Vitaminas A, D3 e E e todas do complexo B, Ácido Fólico e outros, deve conter pelo menos 9 Aminoácidos, Minerais como o Zinco, Ferro, Manganês, Magnésio, Cobre, Selénio e outros, dar uma papa com 15% de Proteínas, 8% de Gordura, 3% de Fibras e Minerais. Poderá, por exemplo, o complexo Multivitamínico e A-
minoácidos serem colocados na água eos Minerais , em pó, de acrescentar na papa.
Nas Criações,  dar Probiótico 3 dias por semana , na MUDA 3 dias por semana, no DEFESO 3 dias de 2 em 2 semanas.
Um bom Complexo Vitamínico,  pode ser o "VAN OBBERGEEN" ou o ZEE ALGEN da SUSKES.
Nas Criações,  a Proteína ronda os 18%, a Gordura não ultrapassa os 6%, na MUDA a Proteína dos 14% aos 16%, a Gordura de 8% a 10%, no DEFESO a Proteína de 14% a 16% e a Gordura dos 4% a 6%.
Quando se juntarem Ovos à Papa,  são 4 ovos por cada kilo de papa. Nos dias quentes para matar os protozoários, juntar 1 gota de IODO à água (60ml).
Nas Criações,  os Sais Minerais, são 3 vezes mais (9%) em época normal as necessidades são de 3% no valor global da alimentação.
 Para evitar o Picanismo,  fortalecer com sódio, para isso acrescentar 1 colher de sopa de sal refinado (de cozinha) por cada kilo de papa.
Problema Fúngico,  enquanto não se encontrar um poderoso anti-fúngico, deve-se administrar um Probiótico que poderá ser o Kultibiol  da Calier, Vitaminas e Dextrosa 2 dias, 2 dias sem Dextrosa, mais 2 dias com Dextrosa, mais 2 dias sem Dextrosa, até encontrar o Anti-Fúngico (Fungilin, Fungizone ou Pantungol). Se o problema não for muito grave  dar 5 dias MOULD MASTER ( da Avizoon) com 5 gotas por bebedouro (50ml), nos primeiros 2 dias e 3 gotas nos restantes 3 dias.
Pássaros Gordos, 1 semana só Alpista, nessa semana dar 3 dias Colina, com complexo B, dar também nesta altura 3 dias seguidos 1 gota de Sani Yodo ou idêntico por bebedouro de 50 ML .
8 Dias antes da Postura,  deve-se administrar um triplo antibiótico, 5 dias seguidos, por exemplo, OXIVITAMINAS da Calier, VARIBIÓTICO da Atral, FF 20/20 da Avizoon ou ainda bem melhor MICO-SANT da Chevita, usado pelos columbófilos à razão de 1 carteira de 7,5 por 1,5 L de água.
 Existem 19 Aminoácidos Essenciais,  sendo que 13, devem ser oferecidos na alimentação, pois as aves não possuem  capacidade de sintetizá-los em quantidade adequada. Alguns aminoácidos tem função específica no desenvolvi mento das  patologias.
A Lisina é um aminoácido essencial, fundamental na formação de proteínas, indução do crescimento, melhora da plumagem, e na prevenção do canibalismo. Metionina é um aminoácido essencial cuja eficiência pode provocar atraso no crescimento, mau empenamento, canibalismo, redução da fertilidade e da eclosão de ovos (Lisina e Metionina).
Os Aminoácidos,  auxiliam na proteção do fígado e prevenção de alterações causadas por situações de stress.
Minerais,  a deficiência e o excesso mineral podem interferir nas reações de metabolização de outros nutrientes. O  suplemento de Cálcio e Fósforo na alimentação de pássaros auxilia na prevenção dos sintomas de sua deficiência, tais  como o raquitismo, baixa postura e eclosão e ovos de casca mole.
Minerais,   A aves necessitam de grande quantidade de cálcio e fósforo (relação de 2:1), para formação dos ossos e da  casca do ovo. Como boa fonte de cálcio temos a pedra calcária e a casca de ostra. Como fonte de fósforo temos a farinha de osso e o fosfato de rocha, ou o fosfato bicálcico (MacroMix).
Outros Minerais,são acrescidos em doses mínimas, o cobre, zinco, manganês e ferro, etc. O sal é essencial em  níveis adequados, sendo altamente tóxico em excesso (máximo 0,5%).
Probióticos,  são aditivos para alimentação das aves, elaborados com bactérias e lactobacillus que auxiliam no bem estar e saúde dos pássaros. Sua ação é de modulação da flora intestinal das aves, e controlador da proliferação de bactérias e leveduras patogênicas, que provocam quadros de diarréia. Probióticos formam uma flora intestinal saudável nos  pais e posteriormente nos filhotes. Previne a diarréia de ninho, auxilia na redução da pinta preta e na retenção do saco  da gema nos filhotes. O uso deve ser anterior ao nascimento dos filhotes pois, prepara a flora do  trato digestivo dos pais antes do nascimento dos filhotes, para que estes já recebam alimento com a flora microbiana saudável. Sabe-se que os probióticos possuem um efeito promotor de crescimento, bem como, auxilia na conformação física das aves, formando  músculos e reduzindo tecido gorduroso (ProbLac Plus).
Promotores de Crescimento,  existem substâncias usadas como aditivos alimentares, os ácidos orgânicos, que   incrementam a  eficácia alimentar; auxiliam na manutenção da criação nos períodos de stress, estimulam o sistema imunnológico, auxiliam nas respostas vacinais, melhoram a produção dos ovos, favorecem a conversão alimentar. (Prevent).  Ácidos orgânicos de alta disponibilidade promovem o controle da flora intestinal, diminui diarréia, melhora a condição de casca de ovos,  reduzem ovos sujos; controlam o crescimento de fungo e bactérias dos alimentos; e agem na prevenção e  controle da Salmonelose e Colibacilose das aves.

23 de agosto de 2011

Três Estilos de Canto Timbrado




   Canto Contínuo
video
                     
Canto Intermédio
video

Canto Descontínuo
video